Quem foi Raabe: imagem do muro de Jericó

Quem foi Raabe na Bíblia? Conheça a heroína da fé e as suas lições para nossa vida

Raabe é uma das personagens mais marcantes da Bíblia.

Além de ser uma das poucas mulheres citadas na genealogia de Jesus Cristo, ela é a única mencionada dentre os heróis da fé.

A história de Raabe é também uma grande lição para as nossas vidas, especialmente nos dias atuais.

Vivemos um tempo em que fomos obrigados a nos retrair, ficar em casa, isolados de tudo e todos. 

Os relacionamentos se tornaram quase que totalmente digital, pois além da nossa família, não nos relacionamos com quase ninguém pessoalmente. 

E nisso começamos a criar dúvidas existenciais na procura de entender este momento, e muitas vezes questionamos a Deus. 

Será ele mesmo soberano? Será que Deus possui realmente o controle sobre todas as coisas? Como será a vida após esse extenso isolamento? A igreja continuará relevante? 

E na história da Bíblia, essa personagem muito interessante, nos ensina que o cristianismo perdura em meio à qualquer obstáculo. E ainda é incluída como uma heroína da fé (Hb 11:31). 

Na história de Raabe podemos ver a graça, misericórdia, bondade, e providência de Deus.

Em suma ela mostra que a graça de Deus é capaz de alcançar pessoas impossíveis, e não há limite para seu amor e misericórdia em salvar pecadores.

Vamos conhecer um pouco mais sobre ela.

Contexto: a história de Raabe na Bíblia

A história de Raabe está no livro de Josué, e a principal parte dela está no capítulo 2. 

A história toda acontece quando o povo de Deus já havia saído do Egito, Moisés já os levou pelo deserto, mas ele morreu e quem assumira a liderança do povo era seu braço direito, Josué. 

Então, Josué estava a caminho da terra prometida e estava enfrentando o primeiro grande obstáculo: Jericó. 

Para se estabelecerem em Canaã, eles precisavam passar por Jericó. Mas, na época, as cidades eram todas construídas dentro de muros, esses eram muito altos e espessos, e haviam pessoas que construíam suas casas neles. 

Os muros tinham objetivo de proteger a cidade contra invasores e eram praticamente impenetráveis.

Josué era um cara esperto. E para conseguir passar por aquelas muralhas ele enviou dois espiões para colherem informações sobre a cidade, governo, sobre o muro etc. 

Os espiões foram, portanto, para um local estratégico, onde passavam vários comerciantes, viajantes, mercadores locais e forasteiros. Eles foram a um prostíbulo. 

Por irem em um local tão movimentado, fora dado a notícia para o rei de Jericó que haviam dois estranhos entre eles colhendo informações. 

Quem é Raabe, a prostituta?

Nesse momento da história, entra Raabe. Ela era uma prostituta (ou a dona do prostíbulo), e sustentava sua família com a prostituição, que era uma prática relativamente comum na época.

A notícia que haviam dois estranhos andando por Jericó se espalhou bem rápido, e foi parar no rei (Js 2:2-3). 

Com isso, a cidade toda entrou em alerta, e o rei desconfiou que os espiões estavam no prostíbulo de Raabe, com isso, por lógica, ela deveria entregá-los.

Raabe protege os espiões

Raabe, porém, escondeu os espiões. 

Ela não os entrega para o governo de Jericó como deveria. Mas, por quê? Se pararmos para analisar, Raabe não tinha por que arriscar escondê-los. 

Ela poderia tê-los entregue honrando seu reino, sua liderança, ou como queira chamar.

E ela explica porque fez isso (Js 2:8-21). Ela tinha ouvido as coisas que Deus fez por seu povo ao tirá-lo do Egito. 

Como ela sabia? 

Como falamos, ela trabalhava em um bordel, e muitos viajantes, além de vários moradores da cidade, iam até lá. 

Assim, Raabe ouviu as histórias sobre as pragas que Deus mandou ao Egito para libertar o seu povo e sobre como Ele fez o mar se abrir para que os hebreus passassem. 

Ela ouviu tudo isso. Ouviu e creu

A fé de Raabe em Deus já era presente antes mesmo dela ter falado diretamente com aqueles que eram o povo de Israel. 

Por isso, ela abriga os espiões em sua casa para eles não serem pegos, e pede que em recompensa do sacrifício que ela fez, eles poupassem a ela e sua casa. 

Portanto, foi acordado que no dia em que os israelitas forem invadir Jericó, ela colocaria um fio vermelho sobre sua porta sinalizando que não eram para atacar àquela casa. E assim foi feito.

Raabe a heroína da fé

Mas, caro leitor, gostaria de trazer um questionamento para vocês. 

Raabe é uma heroína da fé. Por quê? 

Ela mentiu para seu povo, traindo-o sem pensar duas vezes. E mesmo assim ela é uma heroína da fé. A mentira dela não tem problema, já que é para o Senhor? 

Não. Toda mentira é pecado. Inclusive a que ela contou. 

No texto bíblico, o autor não deixa de contar que ela mentiu, e muito menos de dizer que “tá de boa”, é uma mentira irrelevante. 

O verdadeiro motivo de Raabe ser uma heroína da fé é que ela teve certeza, plena convicção daquilo que Deus é, daquilo que ele fez, e principalmente de seu amor e graça

Ela creu na palavra que recebeu. Raabe não viu nenhum dos milagres do Deus de Israel. Simplesmente ouvindo falar sobre Ele e as histórias, ela soube, pela fé, que ele era o Deus Vivo. 

Demonstrando que, de fato, a fé se dá pelo ouvir a palavra de Deus. (Rm 10:17).

*Conheça também a história de Ester na Bíblia.

Lições que podemos aprender com Raabe

Nesse momento você pode estar se perguntando: “mas como a história dela revela a graça, misericórdia e providência de Deus igual tinha dito no começo?”

Vamos ver então cada um desses três tópicos revelados sobre a vida dela e como podemos aprender com Raabe e confiar no Senhor.

Graça

Raabe revela a graça de Deus e a maneira que ela alcança os piores, os improváveis, aqueles que ninguém sequer consideraria digno de possuir uma chance. 

Deus pode tê-los como filhos, se ele bem quiser, como demonstrado com Raabe.

Ela era uma prostituta e não fazia parte da nação escolhida por Deus. Ainda assim, o Senhor a chamou, e abriu os seus olhos. Pela fé, a improvável Raabe se tornou filha de Deus.

Amor

O amor de Deus é revelado pelo cuidado que tiveram para com ela. 

O fio vermelho que ela deixou sobre sua porta nos remete ao sangue do cordeiro imolado derramado injustamente. 

Quem estava na casa marcada por este fio escarlate, a casa de Raabe, seria salvo. Os israelitas não atacariam aquela casa.

Assim, foram poupados, não só Raabe, como toda sua família.

É difícil não se lembrar do que foi feito pelos israelitas na Páscoa (que você pode conferir nosso texto: o que é a Pascoa), e que estaria para ser feito anos depois com Jesus Cristo, o cordeiro perfeito, na cruz.

Misericórdia

A misericórdia é demonstrada porque Raabe entrou na genealogia de Jesus. 

Após os israelitas conquistarem Jericó, ela foi aceita como uma israelita, ela e sua família, esquecendo todo seu passado pecador, tudo que ela havia cometido. 

Ela foi adotada como povo de Deus. E através de sua linhagem, Jesus nasce. Uma prostituta entrar na genealogia do nosso salvador! (Mt 1:5)

Com certeza ninguém apesar de Deus pensaria nisso e teria de misericórdia para tal feito.

E a parte que particularmente mais me toca nessa história: a providência de Deus. 

Deus faz com que sua palavra chegue até aqueles que são seus filhos independente de onde estejam

Ele nos alcança, vai à nossa procura, grita, nos sacode, nos conquista de maneiras inimagináveis. 

Afinal, nós nunca viraríamos nossos olhos para Ele, se ele não tivesse vindo a nós primeiro.

Confira também nosso conteúdo sobre como ter intimidade com Deus.

*Não deixe de seguir o Luzeiro no Instagram!

Gostou do texto ? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

4 thoughts on “Quem foi Raabe na Bíblia? Conheça a heroína da fé e as suas lições para nossa vida

  1. Olha também as outras duas na genealogia de Jesus! Em Cristo Deus nos chama e Ele é a razão de tudo. Nossa identidade, propósito de Deus em nossas vidas. Vamos fazer parte da história? Da única que é verdadeira!

Deixe uma resposta

LUZEIRO-logo

Rua Jornalista Djalma Andrade, 1350
Belvedere, Belo Horizonte – MG
30320-540
www.crerepensar.com.br

Rua Jornalista Djalma Andrade, 1350
Belvedere, Belo Horizonte – MG
30320-540
www.cczs.org.br