Lições de Fé com Abraão: peregrinando no deserto

4 Lições de Fé para aprender com Abraão

Certamente você já ouviu falar de Abraão. Chamado de o Pai da Fé, Abraão é uma das figuras mais relevantes de toda a Bíblia.

Mas talvez não saiba, ou nunca tenha parado para pensar, que sua vida tem (e muito!) a nos ensinar.

Por isso neste post contaremos um pouco da sua história e 4 aspectos de sua trajetória que podem nos ajudar a crescer na fé. 

Vem com a gente!

Quem foi Abraão?

Abraão foi um grande personagem bíblico, reconhecido pela sua fé e obediência a Deus.

Foi justificado por Deus pela fé, que resultou em obediência e provas de amor.

Sua jornada, relatada em Gênesis, começou quando o Senhor lhe disse “saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa de seu pai, e vá para a terra que Eu lhe mostrarei” (Gn 12:1). Nesse momento o profeta tinha 75 anos e se chamava Abrão. 

Ele creu, e isso lhe foi imputado como justiça (Gn 15:6). Pela fé, Abrão deixou a terra da sua parentela e confiou em Deus.

De Harã, Abrão partiu com toda sua família à terra de Canaã. No caminho ao Egito enfrentou fome e perigo de morte, mas depois pôde se estabelecer na planície de Hebrom. 

O Senhor mudou seu nome para Abraão, que significa “pai de muitos”, e lhe prometeu que seus descendentes seriam incontáveis como as estrelas.

Por meio dele, seriam abençoadas todas as nações da Terra. Por meio de sua descendência viria o Messias, Jesus Cristo.

Abraão, entretanto, teve pressa. Ele e sua esposa Sara, não podiam ter filhos por já estarem muito idosos. 

A pedido de Sara, ele teve um filho com Agar sua serva, chamado Ismael. Porém, esse não era o filho da promessa. Abraão tentou apressar os planos de Deus, dando o seu próprio jeito.

O resultado foi uma grande desavença entre a serva e a sua esposa (Gn 16). 

Porém, quando Abraão já tinha 100 anos sua esposa Sara concebeu Isaque, o filho da Promessa e antecedente dos judeus. 

De Isaque, vem Jacó (Israel), pai das 12 Tribos de Israel. Assim começa a história do povo escolhido por Deus. Tudo começou pelo chamado do patriarca da nação, Abraão.

Vamos conhecer então as 4 lições que a história do Pai da Fé nos ensina.

1. Deus não tem pressa 

O tempo de Deus é perfeito. Por mais que esperar que algo de Deus possa ser angustiante, o chamado Dele para nossas vidas é bom e agradável de cumprir. 

Desde a promessa do Senhor, Sara esperou 40 anos até que Isaque nascesse!

Às vezes no nosso coração vem aquela tristeza e angústia por esperar o tempo ideal e acabamos tomando atitudes que desagradam a Deus. 

Então, o que devemos fazer enquanto isso?  Orar e criar intimidade com o Senhor!

A Oração nos conforta e cessa a ansiedade durante a espera (Fp 4.6-7). Por isso não tenha pressa, o tempo de Deus é maravilhoso e a resposta das suas orações chegará quando menos esperar. 

2. O Senhor recompensa a nossa obediência

Como é contado em Gênesis (cap 22) Abraão entregaria seu filho Isaque como sacrifício a Deus, mas o Anjo do Senhor apareceu no momento exato do sacrifício. 

Então, Ele contou que Abraão fora aprovado por Deus por amá-Lo e temê-Lo verdadeiramente

“Não toque no rapaz”, disse o Anjo. “Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho.” (Gn 22:12).

“Levante o menino e tome-o pela mão, porque dele farei um grande povo.” (Gn 21:18)

Demonstre a Deus seu verdadeiro amor conhecendo bem a sua palavra e busque praticar conforme a vontade de senhor. 

Como vimos, a fé de Abraão refletiu em obras de confiança e obediência a Deus. Quando confiamos nEle, conseguimos obedecê-lo e geramos frutos agradáveis ao Senhor.

3. Deus nunca se esquece de você 

Deus confortou Agar e Ismael quando foram expulsos ao deserto por Abraão (Gn 16). Em seu momento de Solitude no deserto, Agar encontrou o favor de Deus.

O Senhor tomou posse de Ismael dando-lhe o que beber através da fonte no deserto e o criou até se tornar um grande flecheiro. 

A Palavra de Deus nos revela que Jesus é a verdadeira fonte de águas vivas (Jo 7:37-43).

Busque essa fonte de água , tenha sede de conhecer a Palavra, se entregue nos braços do Pai e permita-se ser “criado” por Ele, assim como Ismael.

“Estabelecerei a minha aliança como aliança eterna entre mim e você e os seus futuros descendentes, para ser o seu Deus e o Deus dos seus descendentes.” (Gn 17:7)

4. O Senhor cumpre o que promete 

Deus deu a Abraão uma grande nação de descendentes, a Terra Prometida de Canaã e o filho prometido chamado Isaque . 

Tudo que Deus promete a você se cumprirá! E é isso que capacita você a se tornar obediente, temente e capaz demonstrar amor verdadeiro pelo pai.

Isaque era o filho da promessa e Abraão o sacrificaria, pois tinha certeza que Deus cumpriria a sua promessa.

Ele sabia que Deus era poderoso para ressuscitar Isaque dos mortos (Hb 11:19) e cumpriria sua promessa mesmo com o sacrifício. 

Portanto, descansar e confiar nas promessas de Deus nos capacita a obedecê-Lo mesmo nas situações mais adversas.

A caminhada com Deus passa por momentos difíceis, mas o Senhor nunca deixa de cuidar de nós quando atravessamos um deserto!

Gostou do texto? Compartilhe com a gente outras lições que a vida de Abraão trouxeram para a sua fé!

*Não deixe de seguir o Luzeiro no Instagram!

Gostou do texto ? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

8 thoughts on “4 Lições de Fé para aprender com Abraão

Gostou do post? Compartilhe com a gente a sua opinião!

LUZEIRO-logo

Rua Jornalista Djalma Andrade, 1350
Belvedere, Belo Horizonte – MG
30320-540
www.crerepensar.com.br

Rua Jornalista Djalma Andrade, 1350
Belvedere, Belo Horizonte – MG
30320-540
www.cczs.org.br